cp17 Maldições e Vulgares

Neste livreto, explicamos por que xingar e usar vulgaridades é tão sério. Deus diz que estes não entrarão no céu.

Os Malditos não vão para o Céu

Por David Cox
[CP17] v1 © 2008 www.folletosytratados.com
Esta brochura pode ser fotocopiada e impressa livremente
_____________

1Cor 6:9, 11 Você não sabe que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não erre … nem os amaldiçoados … herdarão o reino de Deus. 11 E isso foi um pouco; mas você já foi lavado, já foi santificado, já foi justificado em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito de nosso Deus.

Não somos salvos pelas obras, mas os pecados nos mandam para o inferno. Um filho de Deus é o que ele é, porque ele se submeteu à vontade de Deus e vive procurando a vontade de Deus em toda a sua vida (Mt 7: 21-23). Isso o marca. Esta passagem mostra-nos algumas coisas que são abominações para Deus, e os filhos de Deus irão o mais longe possível deles.

1 John 3: 8-9 Quem pratica o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o começo. Por isso apareceu o Filho de Deus, para desfazer as obras do diabo. Todo aquele que é nascido de Deus não pratica o pecado, porque a semente de Deus permanece nele; e ele não pode pecar, porque ele nasceu de Deus.

Obras não são os critérios de salvação

A Bíblia ensina muito claramente que o critério para ser salvo (ou não ser salvo) é conhecer Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, e as obras não nos salvam (Tito 3: 5; Efésios 2: 8-9). Mas 1Cor 6: 9 “nem os amaldiçoados herdarão o reino de Deus”. Instrui-nos que a pessoa que tem o hábito de usar vulgaridades e maldições é uma pessoa que não conhece a Deus. Do coração podre vêm maldições e grosserias, e esta é exatamente uma pessoa que carece do amor de Deus em seu coração. Ele não é um filho de Deus, mas é um filho do diabo, e seu caráter é muito clara e facilmente visto.

Romanos 8:14 Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.

Mateus 12:34 Geração de víboras! Como você pode falar o bem, sendo mau? Porque a boca fala da abundância do coração. 35 O homem bom, do bom tesouro do coração, tira coisas boas; e o homem mau, do mau tesouro traz coisas ruins. 36 Mas eu lhes digo que, de toda palavra ociosa dita pelos homens, eles prestarão contas no dia do julgamento. 37 Pois pelas tuas palavras serás justificado e pelas tuas palavras serás condenado.

Mateus 12:37 Porque pelas suas palavras você será justificado, e pelas suas palavras você será condenado.

A chave para entender a proibição divina de não usar maldições, não ser amaldiçoado, não atacar um ao outro e não falar mentiras é que a boca fala pela abundância do coração. O coração podre é visto pelas palavras vulgares da boca.

Pro 10:31 A boca dos justos produzirá sabedoria; Mas a língua perversa será cortada. 32 Os lábios dos justos sabem falar o que agrada; Mas a boca dos ímpios fala perversidades.

Stgo 3: 9 Com ele abençoamos a Deus e o Pai, e com ele amaldiçoamos homens que são feitos à semelhança de Deus. 10 Da mesma boca proceda bênção e maldição. Meus irmãos, isso não deveria ser assim. 11 Alguma fonte joga água fresca e amarga pela mesma abertura? 12 Meus irmãos, a figueira pode produzir azeitonas ou figos? Portanto, nenhuma fonte pode fornecer sal e água fresca.

Santiago esclarece que a evidência de que tipo de fonte é vista pela qualidade das coisas que dela decorrem. Um homem mau, não convertido e não salvo terá sua boca bem treinada para amaldiçoar, mentir e atacar os outros. Um filho de Deus nunca deixará palavras desse caráter saírem de sua boca. Santiago também faz uma observação interessante. Quando uma pessoa amaldiçoa outras criaturas feitas à imagem de Deus, é hipocrisia que ela finge ser salva, um filho do mesmo Deus que criou a pessoa que você amaldiçoa.

Mateus 15:11 Não o que entra pela boca contamina o homem; mas o que sai da boca, isso contamina o homem.

Os judeus estavam errados ao pensar que a espiritualidade (qualidade de ser um verdadeiro filho de Deus) era observando as leis da dieta, mas Jesus virou isso para ensinar a verdade. Não é o que você põe na boca que o corrompe, mas o que sai disso.

2Co 5:17 Portanto, se alguém está em Cristo, nova criatura é; coisas velhas aconteceram; Eis que todos foram feitos novos.

Se você professa ser salvo e tem problemas para amaldiçoar, Cristo realmente limpou seu coração? Você é realmente uma nova criatura?

O que é maldição?

1 Tesalonicenses 5:21 Examine tudo; reter o bem. 22 Abstenha-se de todo tipo de mal.

A idéia de xingar é usar palavras (muitas vezes o nome de Deus, palavras que Deus como juiz usa para julgar e amaldiçoar os iníquos) para expressar um desejo de que algo ruim aconteça com outra pessoa. É uma maneira de desprezar a outra pessoa, ou uma expressão de frustração com a situação (que vai contra Deus ou a si mesmo ao invés de uma pessoa), ou simplesmente uma maneira de expressar o oposto da santidade. Normalmente, essas palavras não têm sentido e são interjeições que entram na conversa sem muito significado ou função, além de expressar raiva, frustração ou rejeição à situação. Às vezes, eles são convertidos em conversão para impressionar os outros com a maldade que você é ou com falta de entusiasmo pelo que está acontecendo.

Colosenses 3: 8 Mas agora você também deixa todas estas coisas: raiva, raiva, malícia, blasfêmia, palavras desonestas da sua boca.

Paulo atacou aqui exatamente o que é maldição. A maldição surge dessas emoções, raiva (paixão violenta contra alguém), raiva (indignação e desejo feroz contra alguém), malícia (depravação ou algo ruim contra alguém), blasfêmia (para verbalizar o mal contra outro, especialmente contra Deus e o que ele faz em sua vida), palavras desonestas (comunicação imunda e vil).

Levítico 20: 7 Portanto, santificai-vos e sê santo, porque eu sou o Senhor vosso Deus.

Palavras, vulgaridades e Deus

Sl 73: 9 Põem a boca contra o céu, e a sua língua anda pela terra.

Há pessoas que usam maldições muito livremente. Para eles, a maldição é algo leve, quase como uma piada. Eles amaldiçoam outras pessoas na rua, aqueles que trabalham com eles, ou mesmo seus parceiros e filhos. A idéia de xingar é algo para tirar sarro das pessoas e não é algo sério. Deus amaldiçoa os iníquos aqui na terra e eternamente o inferno. Toda vez que você usa uma maldição ou o nome de Deus em vão (levianamente), você está zombando do Juiz Justo e do julgamento que Deus faz contra os iníquos. Ninguém pode tirar sarro de Deus sem que Deus julgue essa pessoa.

Êxodo 20: 7 Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; Pois o Senhor não dará inocência àquele que tomará seu nome em vão.

Nos dez mandamentos, Deus proibiu o uso profano de seu nome. Isto significa, levar o nome dele de ânimo leve em uma conversa diária, onde não há reverência por quem Deus é. Não é pecado usar o nome de Deus, mas usá-lo de maneira vã (se sentida, com zombaria ou sem respeito). A idéia é usá-lo como explicativo, ou seja, você bate no dedo com um martelo por acidente e obtém o nome de Deus como uma maldição ou um explicativo.

Pro 30: 8 Vaidade e uma palavra mentirosa para longe de mim; Não me dê pobreza ou riqueza; Mantenha-me do pão necessário; 9 Não me satisfaça, negue-o e diga: Quem é Jeová? Ou que, sendo pobre, fuja, e blasfema do nome do meu Deus.

Somos chamados pelo nome de Deus, e assim como o uso de vulgaridades é a blasfêmia de Deus para um mau testemunho. É o mesmo.

Efésios 4: 29-30 Nenhuma palavra corrompida sai da sua boca, mas a que é boa para a necessária edificação, a fim de dar graça aos ouvintes. 30 E não entristeces o Espírito Santo de Deus, com quem foste selado para o dia da redenção.

O cristão é uma pessoa que sempre edifica os outros. Um filho do diabo é marcado como uma pessoa que fala mal dos outros, ou como se amaldiçoa, ou como blasfêmia contra Deus ou contra os outros. O que você é

Ef 5: 1-4 Sede, pois, imitadores de Deus como filhos amados. E ande no amor, como Cristo também nos amou, e se entregou por nós … Mas a fornicação e toda a imundície, ou ganância, nem mesmo são nomeadas entre vocês, como é apropriado para os santos; Sem palavras desonestas, sem tolices, sem truques, que não são convenientes, mas agradáveis.

Paulo explicou com a força de um mandamento de Deus que não devemos seguir o mundo, mas andar no exemplo do amor de Jesus. Paulo identificou o que nenhuma vez deveria ser visto entre os filhos de Deus. Sua explicação é que essa proibição total “combina com os santos”. A idéia é que “como é digno ou correto para os santos”.

Desejando mal aos outros

Salmos 10: 7 A sua boca está cheia de maldição, de engano e fraude; Sob a sua língua há vexação e maldade.

O filho de Deus não usa maldições porque ele não quer que a vida dos outros dê errado, e uma maldição é exatamente isso, um desejo de alguém que fez algo errado com você ou que você não gosta recebe uma maldição pelo que ele fez com você.

Tiago 4:17 e quem sabe fazer o bem, e não o faz, é pecado.

O cristão deve fazer o que sabe que é certo.
A Vida Exemplar de um Filho de Deus

Tiago 3:5-6 Assim também a língua é um membro pequeno, mas possui grandes coisas. Eis que tamanho de uma floresta acende um pequeno fogo! 6 E a língua é um fogo, um mundo de maldade. A língua é colocada entre nossos membros e polui todo o corpo, e inflama a roda da criação, e ela mesma é inflamada pelo inferno.

Filipenses 1:27 Apenas que você se comporte como é digno do evangelho de Cristo …

Com a língua, podemos fazer muito mal, e o filho de Deus sempre mantém a boca. Seu comportamento é algo digno de uma criança ou representante de Deus.

Salmo 141: 3-4 Põe guarda na minha boca, ó Jeová; Mantenha a porta dos meus lábios. 4 Não deixes que o meu coração se incline a algo mau; para fazer obras ímpias com os que praticam a iniqüidade; E não me coma das suas delícias.

1Pe 3:10 Porque: Quem quer amar a vida e ver os bons dias, afasta a língua do mal, e os seus lábios não falam engano;

Leave a Reply

Your email address will not be published.