Drogas

cp16 Drogas

Neste livreto de drogas, explicamos por que os cristãos não usam drogas. Ser cristão protege você contra coisas como drogas que prejudicam sua vida.

Por que os cristãos não deveriam usar drogas?

Por David Cox
[CP16] v1 © 2008 www.folletosytratados.com
Esta brochura pode ser fotocopiada e impressa livremente

Neste livreto de drogas, explicamos por que os cristãos não usam drogas. Ser cristão protege você contra coisas como drogas que prejudicam sua vida.

_____________

Todas as coisas são lícitas para mim, mas nem todas concordam; Tudo é lícito para mim, mas não serei dominado por ninguém. 1 Cor 6:12

É muito triste ver que o uso de drogas alucinógenas já é comum. Permitam-me limitar este folheto a essas drogas ilegais que as pessoas usam, que não são prescritas por um médico para uma condição de doença e que geralmente são ilegais em todos os países. Quando um médico prescreve uma aspirina para dor de cabeça, esse medicamento é legítimo para restaurar a saúde e não é um desses medicamentos. Este livreto trata do uso de drogas ilegítimas para fins recreativos ou divertidos.

Dois em cada três jovens do ensino médio testam uma droga ilegal antes de serem recebidos. Se considerarmos o álcool como uma droga (é), chega a 90%. 30% experimentam uma droga mais forte que a maconha. A primeira causa de morte entre jovens de 15 a 24 anos é dirigir embriagado.

Drogas na Bíblia

W.E. Vine diz (sobre a palavra “feiticeiros” em Ap 21: 8) que PHARMAKIA usado como substantivo é um feiticeiro, alguém que usa drogas, faz encantos, bruxaria. A palavra “farmacêutico” em espanhol vem da palavra grega “farmakeia” [G5331], que significa “medicamento”, magia, bruxaria. Esta palavra em suas diferentes formas é a palavra usada para o conceito de bruxaria em Gal 5:20; Ap 9:21; 18:23; e 21: 8; 22:15 Talvez a conexão entre bruxaria e drogas não seja muito clara para muitas pessoas, então vamos esclarecer.

Existem Satanás e demônios.

Eles são condenados nas prisões das trevas (Judas 1: 6; Mateus 25:41; 2Ped 2: 4), mas eles têm uma presença aqui na terra através de seres humanos que prestam atenção a eles e prestam-se a eles. Por sua vez, eles satisfazem alguns dos desejos desses seres humanos, embora isso sempre dê errado para eles, porque não há nada de bom que possa resultar desses relacionamentos.

Então, ao longo da história, houve pessoas (magos e mágicos) que desobedecem a Deus para buscar e aprender a usar os poderes que esses seres lhes emprestam e a ser especialistas nisso (feiticeiros). Às vezes, eles sabem muito claramente que há demônios por trás de tudo isso, e às vezes são levados a pensar que é outra coisa, como os segredos da “mãe terra” (os wicas ou os druidas) que são princípios e segredos impessoais (eles negam a Deus ) que eles podem usar. Às vezes eles dizem que são as almas dos seres humanos mortos, embora vejamos que o julgamento é o que se segue à morte (Hebreus 9:27), e, como o homem rico e Lázaro (Lucas 16), os dois foram imediatamente ao seu encontro. destino eterno, aguardando a ressurreição final. Job 7: 9-10 À medida que a nuvem desaparece e desaparece, assim quem desce ao Seol não se levanta; Ele não voltará para sua casa, nem seu lugar o conhecerá mais. Ou seja, enquanto eles vivem, eles têm tudo a ver com os eventos da Terra, mas quando eles morrem, eles não terão mais nada a ver com os eventos da Terra até a ressurreição final. Os seres humanos mortos nunca retornam para conversar ou se comunicar com os vivos. Sempre nessas pessoas há a necessidade de “fazer contato” com esses espíritos e é por isso que eles usam o que é adivinhação (bruxaria). Deus colocou a sentença de morte nas pessoas que “evocam espíritos dos mortos ou se rendem à adivinhação” Lv 20:27. Mas nessa adivinhação, as ajudas são usadas para estabelecer contato com esses espíritos, como drogas alucinógenas, álcool, exercícios especiais ou mesmo música rítmica, ou uma combinação deles, que colocam a celebração em um estado alterado de consciência. , onde é mais fácil “fazer contato”. O elo está entre esse estado invocado por mudanças nas substâncias químicas no cérebro e na comunicação com os demônios.

Na verdade, muitos que usam drogas não entendem esse vínculo com os demônios e os usam por causa do efeito de se sentirem bem. Para que isso exalte as emoções no nível de ser seu deus. Quando as pessoas colocam drogas e experiências com elas no centro de suas vidas, é idolatria. Sentir o efeito da droga é o que se tornou um vício muito forte. Atualmente, até o álcool ou outras coisas emocionais também podem se tornar ídolos. Alguns tentam defender o uso de drogas com as quais é “natural”, feito por Deus (Gn 1: 11-12). Mas existem substâncias naturais que são venenosas que também não se deve ingerir. Ser natural não significa que não o prejudique. É o efeito que causa que é prejudicial.

Drogas não resolvem seus problemas

Pro 23:21 Porque o bebedor … empobrecerá

Muitos começam com drogas alucinógenas por diversão, mas muitos as usam porque não conseguem lidar com os problemas de suas vidas. Todas as drogas produzem uma forma de euforia (o “alto” ou “alto”) que deixa um sentimento “bom”. Esta embriaguez (ou na embriaguez da Bíblia) é proibida por Deus (Rm 13: 12-14 “não em … embriaguez … não provê os desejos da carne”; Gl 5: 19-21 “as obras da carne, que são … feitiçarias (uso de drogas para sentir), … embriaguez … Que aqueles que praticam tais coisas não herdarão o reino de Deus. “1Cor 6: 9-11” os injustos não herdarão o reino de Deus … nem os bêbados (…) Eles herdarão. ”) Ou seja, uma pessoa que deixa de se sentir bem para dominar sua vida por essas coisas pecaminosas, não é realmente uma pessoa com salvação. É também por isso que um fornicador não é salvo. Ele tem outro deus.

As drogas afetam gravemente seu corpo

1 Corintios 3: 16-17 Você não sabe que é o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em você? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que você é, é santo.

Essas drogas alteram o corpo quando você as usa e também causam vícios. Alguns podem matar com o primeiro teste. Com um único uso de cocaína, o mesmo sentimento pode retornar anos depois de anos em que a pessoa terminou de usá-lo. Além disso, drogas e álcool agem como veneno para o corpo no qual destrói os órgãos e o corpo se defende contra a droga para expulsá-la. Eles danificam o corpo, seus tecidos e seus órgãos.

As drogas são a arma de Satanás

As drogas cumprem os propósitos de Satanás de “roubar, matar e destruir” João 10:10. As drogas e o álcool têm um efeito profundo no ser humano e, basicamente, devem afrouxar ou afrouxar totalmente as restrições da moralidade e da consciência. Esses envenenamentos fazem com que a pessoa não tome decisões corretas (Isaías 28: 7), e é por isso que um cristão sempre recusará drogas. Sob sua influência, a pessoa pode fazer coisas que normalmente não fará “em sã consciência” e, por isso, são distribuídas em bares e cantinas para que possam fazer sexo livremente, gastar dinheiro e enlouquecer. É proibido operar máquinas sob sua influência. Se isso é tão claro, mesmo entre pessoas não salvas, por que um filho de Deus quer algo para tirar sua consciência? Não é exatamente isso que Satanás quer dele? Tudo isso combina com Satanás, mas não com um filho de Deus. Deus nos envia o oposto, de estar vigilantes, sempre nos mantendo contra as tentações (1 Tessalonicenses 5: 6-8; 1 Pedro 1: 13-17; 5: 8-9; 1 Coríntios 9: 25-27). Se a vida cristã é um relacionamento com Jesus, nosso Salvador, tomar uma droga que desativa quase completamente nossas defesas morais, para que pecemos é a pior coisa que um cristão pode fazer. Mateus 6:13 diz que nossa oração deve ser “E não nos deixe em tentação, mas nos livre do mal”. 90% dos que usam drogas muito fortes começaram com o uso de drogas mais baixas.
O uso de drogas é ilegal.

Deus ordena que estejamos sujeitos às leis civis (Romanos 13: 1-5; 1 Pedro 2: 13-14; Tito 3,1). A maneira de usar drogas é uma maneira de violar essas leis. Além de ilegal, o uso de drogas causa mais atividades ilegais, como roubar para pagar drogas, mentir para encobrir seu hábito e maltratar familiares e amigos se eles tentarem tirar você das drogas.

Somos responsáveis ​​perante Deus

1Cor 6:20, “Porque você foi comprado por preço; glorifique, então, Deus em seu corpo e em seu espírito, que são de Deus ”

Devemos a Cristo por nos salvar. Portanto, o cristão vive de acordo com essa regra: “Se você comer, beber ou fazer algo mais, faça tudo para a glória de Deus”. 1 Coríntios 10:31 Simplesmente usar drogas é um abuso do nosso corpo que Um cristão obediente não fará. Usando o caso do álcool, Efésios 5: 17-18 nos adverte: “Portanto, não seja tolo, mas entenda qual é a vontade do Senhor. Não fique bêbado com vinho, no qual há dissolução; Antes, fique cheio do Espírito ”. Devemos nos saturar com o Espírito Santo e não com produtos químicos que alteram nossos corpos e mentes para o mal.

Drogas causam dependências

2Pe 2:19 Porque quem é derrotado é escravo daquele que o venceu. Pedro ensinou que depender de algo como uma droga ou um pecado é ser escravo disso. As drogas dão a sensação de euforia, de que tudo está bem, embora não esteja, é escravidão. A Bíblia exige que vivamos com autocontrole (1 Coríntios 9: 24-27; 2 Pedro 1: 6).

Quebrando o vício

Fp 4:13 Eu posso fazer tudo em Cristo que me fortalece. Para quebrar um vício, existem algumas etapas necessárias. Primeiro, precisamos entender que isso simplesmente não pode ser alcançado, e todas as nossas realizações chegarão ao fracasso. Um vício é algo espiritual e físico, e sem a ajuda de Deus, você não pode. O mestre das drogas precisa ser mudado para tornar Cristo nosso mestre. Com a ajuda de Deus tudo pode ser feito. O vício é físico, por isso temos que dominar nossos corpos. O vício é mental, tantas vezes temos que nos manter afastados das imagens e situações que atuam como faíscas para inflamar e iniciar o vício novamente. Pro 4:23 Acima de todas as coisas salvas, guarde seu coração; Porque a vida flui dele. Existem amigos que querem nos tentar a pecar com eles, mas Pro 1:10 nos exorta: “Se os pecadores o enganarem, não consinta.” Devemos resistir e não ter comunhão com esses amigos (1Co 15:33; 1Co 5:11 fala separar das más influências).

2 thoughts on “cp16 Drogas

    1. Traducción al Español: blog fantástico e impresionante. De hecho, quiero agradecerle por brindarnos una mejor información. – Pastor David Cox

Leave a Reply

Your email address will not be published.