cat02pt Maria a mãe de Jesus

cat02pt Maria, a mãe de Jesus

cat02pt Maria, a mãe de Jesus é uma brochura que trata de quem é Maria e como devemos tratá-la.

cat02pt Maria, a mãe de Jesus é uma brochura que trata de quem é Maria e como devemos tratá-la.

Maria, a mãe de Jesus
Devemos adorá-la ou reverenciá-la?
[cat02] v3 .1 © 2013 www.folletosytratados.com/pt
Este folheto pode ser fotocopiado e impresso livremente
Por David Cox ( [email protected] )

Isaías 44:9 Todos os artífices de imagens esculpidas são nada; e as suas coisas mais desejáveis são de nenhum préstimo; e suas próprias testemunhas nada vêem nem entendem, para que eles sejam confundidos. Isaías 44:10 Quem forma um deus, e funde uma imagem de escultura, que é de nenhum préstimo?

Católicos muitas vezes perguntam-nos ” Por que você não adorar * Mary?” . Eles nos dizem: “Você não respeita a mãe de Deus”

A resposta é simples, é claro que respeitamos as mulheres, especialmente as piedosas, salvas como Maria, mas não adoramos outra pessoa que não seja Deus.

Este folheto esclarecerá a questão da atitude ou relacionamento de um verdadeiro cristão em relação a Maria, a mãe da humanidade de Jesus.

* É necessário que eu use essa palavra “adoro”, porque o gene católico normal entende o que está fazendo, “adorando Marí a”, e é somente quando eles são confrontados com essa idolatria que querem mudar “adoração” para serem “venerados”, o que eles dizem é diferente. Agora, o que eles fazem é o mesmo que pagão aos seus deuses falsos, eles fazem imagens, colocam sacrifícios e luzes ao redor, etc.

Adoração é apenas para Deus

Vamos começar com o fato de que Deus é ciumento e, portanto, Deus exige adoração somente para Ele. Curvar a cabeça em reverência a um ser diferente de Deus inflama a fúria do Senhor (Dt 6:12-15). Em Êxodo 22:20, Deus condenou com a morte todos aqueles que ofereceram sacrifício a outros deuses que não Jeová.

Mateus 4:9 e disse-lhe: Tudo isto te darei, se, prostrado, me adorares.

Na tentação de Jesus, Satanás queria que Jesus o adorasse prostrando-se diante dele. O apóstolo João queria se curvar ao anjo que lhe mostrou essas coisas em Apocalipse 22:8-9, mas o anjo se recusou a receber adoração dos homens, “seus conservos”. Da mesma forma, em Atos 14:13-15, os apóstolos se recusaram a permitir que seres humanos fizessem sacrifícios para adorá-los.

Não devemos adorar imagens

Êxodo 20:3-5 3 Não terás outros deuses diante de mim. 4 Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. 5 Não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.

Este mandamento afirma claramente que não devemos “ter” (honrar) outros deuses, porque qualquer coisa que adoramos além de Deus é um ídolo, idolatria. Isso é explicado ainda mais pelo fato de que não devemos fazer de nós mesmos uma imagem ou semelhança de qualquer coisa na terra para adorá-la.

O simples fato de fazer uma imagem ou representação de Deus, Jesus, Maria, um santo, um anjo, ou algo semelhante, é comparar a glória de Deus com uma coisa criada, que inflama a ira de Deus (Dt 6. :15) contra o transgressor. Por isso as imagens não nos ajudam em nada, pelo contrário, fazem com que Deus se enfureça contra nós por isso!

Rom 1:25 pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.

Não damos reverência, glória, honra ou “lugar” a nada além do próprio Deus. Honra e reverência por qualquer criatura são proibidas.

As imagens não servem

Isa 44:9-10 9 Todos os artífices de imagens esculpidas são nada; e as suas coisas mais desejáveis são de nenhum préstimo; e suas próprias testemunhas nada vêem nem entendem, para que eles sejam confundidos. 10 Quem forma um deus, e funde uma imagem de escultura, que é de nenhum préstimo?

“Vaidade” significa algo desprovido de valor espiritual. Deus diz que “é inútil”, e eles estão confusos porque fazem símbolos ou imagens de coisas que eles adoram, mesmo que seus ídolos não possam ver ou entender. É como se Isaías estivesse dizendo aos católicos de hoje: “Como vocês são ingênuos! Fazem o menino Jesus (o boneco), mas ele não consegue se vestir sozinho e não consegue se consertar quando quebra ou cai do lugar, e mesmo assim você adora isso, não vê que não é útil? “Não adianta? É inútil, você não entende?” As pessoas que adoram imagens dizem que elas “as ajudam em sua adoração a Deus”. Mas as imagens são testemunho de sua confusão, porque não são nada úteis na religião e no culto ao único Deus verdadeiro, diz o profeta Isaías.

Isa 42:17 Tornados para trás e cobertos de vergonha serão os que confiam em imagens esculpidas, que dizem às imagens de fundição: Vós sois nossos deuses.

Sua confusão está no fato de que eles confiam em imagens que representam deus(es) como o próprio Deus. Isso é confusão de alma, porque o verdadeiro Deus não permite que Seus adoradores usem representações Dele em sua adoração. O próprio Deus pronuncia uma maldição sobre todos os que usam ídolos e imagens. Levítico 26:1 estende a proibição dessa atividade para incluir ídolos, esculturas, estátuas ou “pedras pintadas” (fotos).

Isa 42:8 Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não a darei, nem o meu louvor às imagens esculpidas.

Deuteronômio 4:15 Guardai, pois, com diligência as vossas almas, porque não vistes forma alguma no dia em que o Senhor vosso Deus, em Horebe, falou convosco do meio do fogo;
Deuteronômio 4:16 para que não vos corrompais, fazendo para vós alguma imagem esculpida, na forma de qualquer figura, semelhança de homem ou de mulher;

A adoração a Deus é espiritual em relação ao seu caráter e santidade, não deve ser “visual” com imagens.

Diferença entre adoração e reverência

Enquanto a Igreja Católica Romana diz que há uma grande diferença entre a adoração a Deus e a reverência que prestam a Maria (e menor adoração aos santos), o efeito é o mesmo. Eles se curvam diante de uma imagem, colocam flores e velas (são sacrifícios), e prestam serviço, honra e respeito às imagens, o que é proibido pelo Senhor.

Nas proibições de Deus a respeito disso, eles usam palavras como “dê honra” ou “dê adoração” (Romanos 1:25) Dar honra significa reverenciar ou dar adoração, na Bíblia é a mesma palavra e o mesmo conceito. Dar adoração significa servir, prestar homenagem religiosa a algo ou alguém (como missas, colocar flores ou velas ou luzes na frente de algo). Fala de servir como honrar. A Bíblia também usa a frase “curvar-se” (Êxodo 34:14), ou “curvar-se” (Mateus 4:9) diante de algo diferente de Deus. Nenhuma figura feita por mãos humanas ou dada naturalmente no mundo é Deus. Nós adoramos a Deus espiritualmente porque Deus é espírito.

João 4:24 Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.

Comunicação com os mortos

Deuteronômio 18:9 Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te dá, não aprenderás a fazer conforme as abominações daqueles povos.Deuteronômio 18:10 Não se achará no meio de ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro,Deuteronômio 18:11 nem encantador, nem quem consulte um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos;Deuteronômio 18:12 pois todo aquele que faz estas coisas é abominável ao Senhor, e é por causa destas abominações que o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti.

A Bíblia é muito clara, quem consulta os mortos está praticando feitiçaria. Então, rezar para Maria ou santos é feitiçaria e abominação.

Isaías 8:19 Quando vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os feiticeiros, que chilreiam e murmuram, respondei: Acaso não consultará um povo a seu Deus? acaso a favor dos vivos consultará os mortos?Isaías 8:20 A Lei e ao Testemunho! se eles não falarem segundo esta palavra, nunca lhes raiará a alva.

Deus diz claramente que seu povo deve buscar a Deus em oração, não os mortos. Se alguém não ensina isso, então “não se deu conta”, ou seja, não há luz ou entendimento neles. Orar ou comunicar-se com os mortos é o que a Igreja Católica ensina oficialmente, então Deus diz que a Igreja Católica não tem a luz de Deus! “Não lhes ocorreu” a verdade da Bíblia. Deve-se ficar longe de pessoas que promovem falsas doutrinas e práticas que são abominações para Deus.

Hebreus 4:14 Tendo, portanto, um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou os céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.Hebreus 4:15 Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.Hebreus 4:16 Cheguemo-nos, pois, confiadamente ao trono da graça, para que recebamos misericórdia e achemos graça, a fim de sermos socorridos no momento oportuno.

Somente através de Jesus temos livre acesso a Deus, Sua misericórdia e graça, e Sua salvação. Não há razão para ignorar Jesus e procurar Maria ou os santos. Devemos notar que as orações a Maria são uma forma de “subornar” Deus, o que é realmente impossível de alcançar, Dt 10:17, 2 Crônicas 19:7; João 14:6.

Maria é a Mãe de Deus?

Naturalmente a resposta é não. Há duas maneiras de ser mãe ou pai de alguém. A primeira é que a pessoa é geneticamente seu pai, e a segunda é por adoção. Se Maria deu à luz a Deus, então isso significa que Maria existiu antes de Deus, o que é impossível, Jesus em sua divindade existiu antes de Maria, e Maria deu à luz a humanidade de Jesus, não sua divindade. É incorreto dizer que Maria é a “mãe de Deus” porque isso implica a ideia de que ela tem autoridade sobre Deus, o que não é verdade.

A Igreja Católica ensina que Maria é parte da Trindade, ela é “o complemento da Trindade. Filha de Deus Pai, Mãe de Deus Filho, Esposa do Espírito Santo”. – Hebdomas Mariana. Maria é “o centro do universo” – Salazar.

DeMontfort diz que “Jesus Cristo… deu a ela pela graça, tocando Sua Majestade, todos os mesmos direitos e privilégios que (Jesus) naturalmente possui”. “Se há alguma esperança em nós, alguma graça, se há alguma salvação, ela vem a nós através dela, porque essa é a sua vontade (de Deus), que desejou que tudo tenhamos por Maria”. – Papa Pio IX, Ep. Evangelho. 1849 DC

Maria é “co-redentora do gênero humano juntamente com seu Filho, Jesus Cristo, nosso Senhor”. – do livro católico “Co-redentora” (paixão).

Simplesmente, os católicos fazem Maria assumir uma posição idêntica à de Deus, e conferem-lhe a prerrogativa de ser salvadora junto com Jesus, ou seja, fazem de Maria um ídolo, ou seja, uma falsa deusa, em competição com o Deus . real; assim como Deus nos proibiu de fazer. A Virgem Maria da Bíblia nunca foi assim, mas a Igreja Católica ensina essa falsa doutrina dela.

Maria é a Rainha do Céu?

A expressão “Rainha dos Céus” ocorre apenas na Bíblia em Jr 7:18; 44:17-25. Ela era uma falsa deusa que o povo de Israel honrava, pela qual o povo merecia o castigo de Deus. Se identificarmos Maria como a “rainha dos céus”, é como reconhecê-la com uma falsa religião proibida.

cat02pt Maria, a mãe de Jesus